Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento.
Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.
Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo? Mais que Amigos é uma comédia romântica irresistível!

“Mais que amigos” foi uma grata surpresa! Estive em uma ressaca literária ~daquelas~ nos últimos dias e, sem dúvidas, esse foi um título certeiro para sair dela. O livro é uma ótima pedida para todas as pessoas que, assim como eu, adoram se esbaldar em uma boa comédia romântica com direito a muitos clichês, personagens cativantes e enredos que, apesar de serem previsíveis, funcionam muito bem e envolvem o leitor de uma forma especial.

Nesse chick-lit de Lauren Layne, Parker e Ben são dois melhores amigos que dividem um apartamento desde a época da faculdade. Já no auge dos vinte e dois anos de cada um, Ben é do tipo que curte a vida de solteiro, enquanto Parker namora há cinco anos com um workaholic chamado Lance. Os dois protagonistas acreditam que amizades entre homem e mulher podem dar muito certo e levam a vida a dois, morando juntos, como uma prova disso… até que Parker e Lance terminam, e ela e Ben decidem entrar em uma “aventura inusitada”.

É difícil falar dessa leitura sem entregar muito dela. Na verdade, o próprio título já diz muito: a jornada em que os dois melhores amigos acabam por entrar os encaminha para uma descoberta em que eles, amigos de longas datas, podem se ver sendo… mais que amigos! O mais gostoso disso tudo é que a leitura é extremamente fluída: todos os clichês funcionam muito bem, pois as páginas voam, a história não se torna cansativa, e o leitor de fato é levado a conhecer o mundo de Parker e Ben.

Ambos os personagens não são apenas mocinhos superficiais de uma comédia romântica. Eles são bastante envolventes e nos revelam histórias comoventes por trás dos clichês! Ben é um rapaz que optou por um caminho diferente dos seus irmãos e, por isso, foi muitas vezes rejeitado pela família e tem um complexo de inferioridade muito marcante, o que o torna uma figura sensível e humana. Já Parker é uma mulher de personalidade forte, que se vê descobrindo o que realmente deseja, e que também passa por conflitos familiares, já que sua mãe teve câncer. Eu me apaixonei pelos dois, cada um ao seu modo, e amei a combinação que os dois formaram juntos!

“Solto um suspiro trêmulo. Pela primeira vez, em uma hora, me sinto… não exatamente bem, claro, mas capaz de enfrentar tudo isso. Como se eu pudesse enfrentar qualquer coisa com Ben ao meu lado.”

Esse foi o primeiro livro de Lauren Layne que li, mas, com certeza, quero me deliciar em suas palavras outras vezes e o mais breve possível!! <3

 

Chick-lit  • Ano: 2018  •  Páginas: 256  •  Editora: Paralela  •  Classificação: 4/5

Postado por

Gabrielle Polary